Aparecer nas primeira posições do Google pode não ser o melhor para o seu negócio

Aparecer nas primeira posições do Google pode não ser o melhor para o seu negócio

Por Luiza Matos

especialista em Design

Publicado em 13 de Setembro de 2021 às 17:40 | Atualizado em 13 de Setembro de 2021 ás 19:02

Prefere acessar esse conteúdo em vídeo?

Não é difícil encontrar clientes que quando contratam uma assessoria de Google Ads, insistem em afirmar que precisam aparecer nas primeiras posições do Google para garantir bons resultados, mas será que essa é uma afirmação verdadeira? É seguro afirmar que o desempenho de uma campanha de anúncios do Google Ads depende de diversos fatores.

Para facilitar sua compreensão, aqui estão alguns exemplos:

Vamos supor que você tenha um orçamento diário alto para investir em Google Ads. Porém, quando chega no final do dia, você não investiu todo esse valor e não atingiu sua meta de venda ou sua meta de contatos.

Nesse caso, faz sentido você reavaliar sua campanha, analisar os termos e os relatórios de porcentagem de impressão, se a quantidade de leilões que você participou foi saudável ou se você perdeu muitos por classificação.

Você deve identificar se está pagando pouco de CPC (custo por clique). Ao colocar um valor abaixo do mercado, você deixará de aparecer em leilões ou aparecerá em posições menos privilegiadas. Dessa forma, consequentemente você estará conquistando menos tráfego.

A atitude certa a se tomar nesse tipo de caso é aumentar seu CPC. Se você conseguir manter sua taxa de conversão, mas aumentando seu tráfego, seu resultado tende a melhorar, tanto de venda quanto de contato.

Porém, vale ressaltar, como dissemos em outro artigo, onde apontamos cinco afirmações que te faz perder dinheiro no Google Ads, aumentar seu CPC não necessariamente aumenta sua taxa de conversão.

Isso acontece com a maioria dos pequenos anunciantes no Google Ads. É comum que eles, que têm um baixo orçamento, queiram aumentar seu CPC, para assim subir de posição na página de resultado de pesquisa do Google. Porém, através de um cálculo bem simples é possível identificar que nem sempre essa pode ser uma boa escolha.

Imagine que você estabeleça o custo de R$ 0,50 por clique e você investe diariamente R$ 10,00. Dessa forma, se você costuma ter 20 acessos no seu site por dia, com uma taxa de conversão de 10%, você terá dois contatos por dia.

Ao aumentar o CPC para R$ 1,00, para aparecer em melhores posições no Google, continuando com o mesmo investimento diário, ao invés de receber os mesmos 20 acessos por dia, você passa a receber apenas 10, mantendo sua taxa de conversão em 10%, então você reduzirá pela metade o número de contatos, ou seja, agora receberá 1 por dia ao invés de 2, 30 por mês ao invés de 60.

Dessa forma, é possível afirmar que, ao menos que você tenha um orçamento bom para investir diariamente no Google Ads e não esteja investindo o valor total, não há necessidade de brigar por posição e sim por qualidade e quantidade de contatos.

Esse conteúdo fez sentido para você? Deixe abaixo nos comentários!

Siga o Instagram da Mazukim

Curta nossa página no Facebook

Conecte-se com nosso Linkedin

Siga o Tiktok da Mazukim

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

Consuma Mais Conteúdo de Marketing Digital


Minha Loja Virtual Não Vende. O Quê Devo Fazer?

Coronavírus: Como o Coronavírus pode Influenciar o Marketing do Meu Negócio?

Correspondência de Palavra Chave no Google: Entenda Como Funciona e Sua Importância!

Quer ter o mesmo resultado que o nosso blog?
Comece a criar conteúdo com a Mazukim Agora!

Quero Fazer uma Avaliação!