Vender online: Ter uma loja virtual é o melhor caminho?

Vender online: Ter uma loja virtual é o melhor caminho?

Por Luiza Matos

especialista em Design

Publicado em 25 de Outubro de 2021 às 17:55 | Atualizado em 25 de Outubro de 2021 ás 18:13

Prefere acessar esse conteúdo em vídeo?

A pandemia de coronavírus trouxe mudanças em diversos processos do nosso cotidiano, sendo um desses a prática de vendas. Diversos empreendedores passaram a se preocupar com a queda de desempenho das vendas de suas lojas físicas. De portas fechadas, impossibilitados de vender, muitos optaram pela criação de uma loja virtual, mas será que esse é o melhor caminho?

Não é difícil encontrar pessoas acreditando que criar uma loja virtual se resume apenas a anunciar seus produtos digitalmente. Mas a realidade não é bem assim, na verdade, ao contrário do que uma grande parcela da população pensa, existe a hora certa de criar uma loja virtual.

Neste artigo, vamos te apresentar o passo a passo para criar uma loja virtual de forma saudável para sua empresa. Você vai aprender todas as fases desse processo para evitar prejuízos no futuro.

Começar com uma loja virtual é um erro?

Por incrível que pareça, a resposta pode ser que sim! É definitivamente um erro adotar como primeiro passo a abertura de uma loja virtual antes de você estar plenamente amparado a nível de entendimento, planejamento e orçamento para que tenha uma. Independente de quem você seja, um comerciante de loja física ou alguém que quer começar empreender.

Confira nosso artigo sobre como atrair clientes através das redes sociais.

Etapas de validação do seu negócio antes de criar a loja virtual

1. Defina seu produto

O primeiro passo dessa lista pode parecer óbvio, mas irá determinar o sucesso da sua loja virtual. Você precisa ter claro em sua mente qual é o tipo de produto que você quer vender.

Manter coerência entre os produtos é importante para trazer um público direcionado para o seu e-commerce e possivelmente tornar sua marca uma referência dentro daquele nicho.

Outro ponto importante que deve ser levado em consideração é sua familiaridade com o produto. De nada adianta escolher artigos que estejam em alta no momento, mas que você não tenha um amplo conhecimento sobre. Quanto maior sua conexão com a mercadoria que você vende, mais fácil será conquistar seus clientes.

2. Segmente seu público

Falando em clientes, seu próprio passo está ligado diretamente a eles. Segmentar seu público é importante para atingir as pessoas com real potencial de compra. Você deve entender quem é o seu público e buscar identificar as características em comum entre cada uma dessas pessoas.

Entre as características que você deve procurar estão: Informações demográficas; faixa etária; informações geográficas; gênero; gostos e hobbies.

Especificar seu público-alvo tornará possível criar uma comunicação mais eficiente, com potencial de impactá-los de forma com que eles se sintam compelidos a comprar.

Uma das formas mais eficientes de definir seu público é através da criação de uma persona. Em resumo, a persona é uma representação desses clientes. É baseando-se nela que você irá criar uma comunicação mais efetiva e persuasiva.

Em um artigo passado, onde citamos 5 erros mais comuns na hora de criar um planejamento de marketing digital, também falamos um pouquinho sobre a criação de uma persona.

3. Anuncie em marketplaces

Depois de planejar e ter seu produto em mãos, uma ótima alternativa de divulgar seus serviços e efetivamente vender são os marketplaces.

Plataformas como Mercado Livre, Magazine Luiza, B2w, Cnova e Amazon são algumas das opções para quem busca um marketplace para anunciar. As plataformas citadas, por exemplo, possuem um tráfego imenso de pessoas que, diariamente, as acessam dispostas a adquirirem um produto. É lá que você irá encontrar clientes em potencial para realizar suas primeiras vendas online.

Se você observar que durante um período considerável de tempo você está conseguindo manter uma média equilibrada de vendas, já pode considerar que seu negócio está fluindo e que existem pessoas interessadas em seus produtos.

4. Impulsione suas vendas

Trabalhando em paralelo com o marketplace, outro lugar onde as divulgações não podem ser deixadas de lado são as redes sociais. Independente da plataforma que você optar (Instagram, Facebook, Twitter, entre outras), é importante que você utilize esses canais de comunicação para alcançar novos clientes e divulgar sua marca.

Nesse momento, é importante produzir conteúdo de qualidade, que converse com o público que você definiu nos passos anteriores. Um bom conhecimento do perfil da sua clientela gera uma comunicação mais eficiente com essas pessoas, sempre usando como base os assuntos que mais as interessam, em quais redes elas estão e entre outras informações importantes.

Uma base de seguidores engajados possibilita que essas pessoas façam, de maneira natural, a divulgação de sua marca. São esses clientes que irão divulgar seus produtos para amigos e familiares e consequentemente conquistar mais vendas para sua empresa.

Com o aumento das vendas, você conseguirá passar a investir em anúncios dentro das redes sociais, um adicional aos anúncios feitos dentro dos marketplaces.

Quer produzir conteúdo de qualidade para suas redes sociais? Confira nosso artigo sobre como tirar boas fotos para o Instagram e gerar resultados.

O momento de criar sua loja virtual

E você já estava pensando que esse momento nunca chegaria, não é mesmo? Mas depois de ter seu produto validado nos marketplaces e construir uma boa audiência dentro das redes sociais, é chegado o momento perfeito de criar sua própria loja virtual.

Apesar de existirem casos de pessoas que se contentam apenas em vender através dos marketplaces e das redes sociais, com o crescimento do seu negócio, a criação de uma loja virtual em algum momento será necessária para ele se manter e você ter aumento de ganho em sua margem de lucro.

A criação de uma loja virtual será enfim o marco da consolidação da sua marca dentro do e-commerce. Ter o seu próprio espaço te trará mais liberdade para planejar expansões e conquistar ainda mais espaço dentro do mercado.

Quer saber ainda mais vantagens de ter o seu próprio site? Confira mais razões para ter um site profissional para sua empresa.

Este conteúdo foi útil para você? Então deixe seu comentário logo abaixo ou em nossas redes sociais:

Siga o Instagram da Mazukim

Curta nossa página no Facebook

Conecte-se com nosso Linkedin

Siga o Tiktok da Mazukim

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

Consuma Mais Conteúdo de Marketing Digital


Minha Loja Virtual Não Vende. O Quê Devo Fazer?

Coronavírus: Como o Coronavírus pode Influenciar o Marketing do Meu Negócio?

15 Termos Usados no Mundo do Marketing Digital e Que Você Precisa Saber o Significado

Quer ter o mesmo resultado que o nosso blog?
Comece a criar conteúdo com a Mazukim Agora!

Quero Fazer uma Avaliação!